Sonia Lyra apresenta artigo sobre Imaginação Ativa e a busca da flor de ouro no VIII Congresso Latinoamericano de Psicologia Junguiana em Bogotá

Sonia Lyra palestra na Loja Maçônica de Itapema SC
julho 2, 2018
A Imaginação Ativa como possibilidade de tratamento para o Bruxismo
julho 19, 2018

Bogotá, capital da Colombia, sediou dos dias 11 a 14 de julho de 2018, o VIII Congresso Latinoamericano de Psicologia Junguiana. O evento, organizado pela CLAPA – Comitê Latinoamericano de Psicologia Analítica, aconteceu no Claustro de Santa Barbara, pérola arquitetônica de Usaquén, hoje Centro de Estudos Pastorais Cardeal Anibal Munoz – CEPCAM.

Entre mais de 100 palestrantes de países como Brasil, Argentina, Chile, Paraguai, Equador, Cuba, Venezuela, Estados Unidos e Inglaterra, Sonia Lyra, (Dra. em Ciências da Religião, Mestre em Filosofia, Psicóloga e Analista Junguiana formada pelo Instituto Junguiano de São Paulo, Associação Junguiana do Brasil e International Association for Analytical Psychology) apresentou o artigo “Imaginação Ativa: em busca da flor de ouro”.

“A flor simboliza a quintessência das vias budista e taoista a serem trilhadas em busca do despertar de certo potencial secreto, enquanto que o ouro representa a luz. Embora a finalidade dos exercícios propostos por ambas as vias seja não utilizar imagens ou ideias, indo direto à raiz da consciência, ou seja, ao nível mais alto da prática proposta pela técnica da Imaginação Ativa, entende-se que essa busca deva se iniciar ao modo de estágios básicos de assimilação da sombra à luz”, afirma Sonia Lyra. 

A apresentação aconteceu na sala 5, dia12, das 9h às 10h30min e a mesa contou com a presença do argentino Maximiliano Peralta, criador da Fundação Jung Córdoba, e apresentação de Paula Boechat.

Segundo o artigo apresentado, a abertura da flor de ouro da luz mental é usada somente para aludir a um efeito que na realidade não se pode expressar. Todo o processo consiste em volver a luz para o interior, utilizando-se o método da inversão, para encontrar a água da vitalidade, o fogo do espírito e a terra da atenção.

“Se a consciência não for detida, sua substância escura, a anima inferior, não pode ser transformada. Quando transformada, por uma espécie de re-ligação, toda obscuridade transformar-se-á em luz. Após as transformações mais grosseiras e imediatas, vão surgindo naturalmente novas e mais sutis dimensões que começam a se distanciar da linguagem corriqueira e traduzir-se cada vez mais em experiências que escapam a esta linguagem mas que, nem por isso deixam de acontecer de forma mais sutil e elevada, chegando a emergir ao modo do terceiro e último nível da Imaginação Ativa, ou seja, a captação da sua dimensão espiritual: o desabrochar da Flor de Ouro! O seu segredo? A busca! Sua presença? Uma torrente infinita de intuições, criatividade e inspirações.” conclui Sonia Lyra. 

Confira as fotografias da apresentação e da abertura do VIII Congresso Latinoamericano de Psicologia Junguiana: