Sonia Lyra entrevista David Lowe em Kerkrade na Holanda

Sonia Lyra entrevista na Holanda a psicóloga polonesa Katarzyna Kamisnka
julho 22, 2019
União da Vitória e Porto União sediarão eventos com Sonia Lyra, PhD
julho 31, 2019

Entrevista realizada originalmente na língua inglesa na 36th Annual Dream Conference, em Kerkrade na Holanda.
Tradução: Wishilen Alvarenga.

Sonia: Olá David, primeiramente agradeço sua entrevista e gostaria então que se apresentasse com seu nome, de onde vem e como entrou no mundo dos sonhos.

David: Meu nome é David Lowe, tenho 65 anos, e fui professor de Estudos Religiosos. Me interessei no assunto de sonhos porque tive uma iniciação por um guru, um mestre indiano, mundialmente conhecido, e isso foi como uma explosão em minha vida. De lá para cá, eu comecei a ter sonhos muito poderosos. Tive muitos grandes sonhos ao longo desse período eu os gravei. Dessa forma, eu fui forçado a ter um interesse num nível mais alto de realidade. Esse foi o jeito que eu consegui me entender e consegui entender o que estava se passando comigo. Assim fui me interessando em sonhos.

Sonia: Muito interessante! Você tem trabalhado com os sonhos?

David: Sim eu trabalho com os sonhos. Eu tenho dois círculos de sonhos (grupos de sonhos) acontecendo na Filadélfia/Pensilvânia. Também já fiz apresentações em Congressos e farei mais apresentações no futuro. Tenho muito interesse por pesquisa acerca dos sonhos. Neste congresso em Kerkrade eu liderei um grupo de sonhos, e realmente amei. É muito bom encontrar um grupo tão grande quanto esse interessado no assunto.

Sonia: Como é estudar os sonhos no seu país?

David: Eu acho que você pode estudar sonhos, provavelmente de forma mais efetiva nos Estados Unidos do que em qualquer outro lugar. Isso porque é lá que a maior parte do florescimento da modalidade de trabalho com os sonhos tem acontecido. Na Europa, provavelmente, deve haver mais devoção ao Carl Jung, o bastante para talvez ser um pouco supressivo. Nos Estados Unidos, tem havido um grande florescimento de métodos de trabalho com os sonhos. Então eu acredito que você provavelmente pode estudar sonhos mais efetivamente neste país do que em qualquer outro lugar.

Sonia: Me corrija se eu estiver errada, mas você disse que na Europa é mais comum falar sobre Carl Jung.

David: Sim, pelo menos na Alemanha e Suíça.

Sonia: Nos Estados Unidos, os estudiosos têm algum outro escritor principal em que baseiam seus estudos? Que tipo de livros esses estudiosos lêem?

David: Eu posso falar sobre o meu caso: Jeremy Taylor, foi provavelmente o mais importante autor do início do século XX, isso porque em seus livros ele sintetizou Freud, Jun, Pearls e Mindel. Ele apoiou a criação da organização Associação para os Sonhos. Então por causa disso, acredito  que ele é muito importante. É importante eu citar também Robert Moss, um xamã brilhante, que tem seguidores em todo mundo. Escreveu 3 ou 4 livros, e é provavelmente o mais proeminente trabalhador de sonhos da área. O estilo dele é o xamanístico e seu livro “Sonhos Conscientes” é muito importante. Dessa forma, Jeremy Taylor, Robert Moss e Carl Jung têm sido minhas principais influências no trabalho com sonhos.

Sonia: E a última pergunta é sobre Imaginação Ativa: Você conhece esta técnica?

David: Primeiro eu preciso falar sobre Carl Jung. Ele é muito importante e forneceu a linguagem que nos permite compreender melhor os sonhos. Jung está em todos os lugares neste país e só não é mais apreciado na Europa porque senão as pessoas seriam muito devotas dele e não se pode ser devoto de nada. A ciência do sonho transpessoal precisava ser inventada e ele a descobriu. Quanto a Imaginação Ativa, esse foi um outro insight dele, porque todas as modalidades envolvendo movimentos, dança, artes, esculturas, ajudam as pessoas a entender seus sonhos através dessas modalidades artísticas. Tudo isso tem origem na Imaginação Ativa. Ele foi o primeiro a realmente endentar que o sonho tem um aspecto corporificado.

Sonia: Muito obrigado! Tem algo a mais que gostaria de compartilhar conosco?

David: Bom, é muito importante prestar atenção nos sonhos, e o trabalho com sonhos, apesar de muito ignorado, talvez seja o meio mais fácil para crescimento espiritual. Acredito que os sonhos lúcidos, em particular, serão o caminho no futuro para a maioria das pessoas ao redor do planeta poder encontrar sua espiritualidade. Minha mensagem final é que todos nós devemos prestar mais atenção em nossos sonhos.

Sonia: Muito obrigado!

David: De nada. Obrigado!

Translate »